Archive

Archive for junho \14\UTC 2010

Sem mais

junho 14, 2010 1 comentário

Continue deitado
Eu não vou embora ainda
E nós não vamos nos preocupar com as coisas para arrumar
Permita-se  e deixe que eu coloque minha cabeça sobre seu peito
Entrelace suas pernas às minhas
Aqueça meus pés
E não pense no resto, não pense
Deixe que do meu coração cuido eu

Ah, aqueça meus pés
Aqueça meu meu corpo
E deixe que do meu coração cuido eu

Sentimentos mais profundos de minha avó para o meu avô quando eu já era viva e eles ainda viviam

Categorias:Sem-categoria

Um momento, por favor

Categorias:Sem-categoria

Canção de ninar

… se encolheu nas suas folhas.

Lá dentro era… era ela lá dentro

Hum, hum, hum, hum, hum

uma canção que só se densenvolvia lá dentro

inaudível, imperceptível às sensibilidades outras

uma ostra, uma flor, uma canção selada.

Categorias:Sem-categoria