Início > Sem-categoria > O Jornalista Josias Pires fala sobre a relação entre mídia e cultura popular

O Jornalista Josias Pires fala sobre a relação entre mídia e cultura popular

Josias  Pires Neto, 45 anos,  é jornalista formado pela Universidade Federal da Bahia. Estudioso da cultura popular, em agosto de 1999, passou a dirigir a série Bahia Singular e Plural que já produzia documentários desde 1997. O Bahia Singular e Plural, da TV Educativa da Bahia, que é integrante do IRDEB, foi pioneiro na televisão brasileira por “cobrir de forma abrangente e sistemática a cultura popular”. Por dois anos consecutivos Josias Pires ganhou o Prêmio Banco do Brasil de Jornalismo na categoria Reportagem Especial em Telejornalismo com os documentários Cantos de Trabalho (2001) e Marujada (2002). Nesta entrevista Josias fala à Meiryelle Souza sobre cultura popular e o tratamento que a mídia dá à mesma.
MS: O Bahia Singular e Plural foi um trabalho pioneiro na cobertura televisiva das manifestações folclóricas da Bahia. Como a mídia atual tem feito essa abordagem?

JPN: A Liliane do Na Carona fez um trabalho parecido. A TV universitária em Recife e o projeto Revelando os Brasis também fazem. Hermano Viana e Regina Casé estão estimulando o regionalismo, mas as pessoas desconhecem os folguedos. Parece que só existe o que está na mídia e a mídia é urbana. Algumas manifestações têm tendência em virar produto, outras não, daí a visibilidade dada pela mídia.

MS: Qual era a principal preocupação de vocês na cobertura dos folguedos?

JPN: Era captar da forma mais verdadeira possível. Nosso objetivo era registrar do inicio ao fim a visão daquelas pessoas sobre o que elas estavam fazendo e a receptividade deles contribuía muito para isso porque o fato de estarmos filmando suas festas era uma forma de eternizar aquela manifestação. Mestre  Sinésio, de Gamboa do Morro, pediu para que fossemos gravar e disse que a partir dali poderia morrer em paz porque a sua festa estava registrada para sempre.

MS: O senhor acha que a modernidade, o contato dessas pessoas com outros elementos culturais através da própria mídia, tem trazido algum tipo de interferência para essas manifestações?

JPN: Esse é um processo lento. Não podemos negar que ele acontece, mas pode levar dezenas de anos ou mais para que algo possa ser adicionado ou subtraído.

MS: Qual a relação das pessoas com as mensagens das manifestações? Elas vivem aquela essência em seu cotidiano ou isto está claramente separado?

JPN: Os folguedos têm cunho religioso. Acontecem quase sempre na mesma data. É o cumprimento de uma devoção. As pessoas vivem a sua crença, têm prazer em estar ali.

MS: O senhor acha que a mídia tem cumprido o seu papel na cobertura da cultura brasileira divulgando-a e valorizando-a?

JPN: (um leve sorriso acompanhado de um profundo suspiro) A mídia tem registrado o carnaval por todo o país (risos)

MS: Para o senhor, qual o mais importante documentarista atualmente?

JPN: O Eduardo Coutinho é um documentarista muito importante. Seu documentário Cabra Marcado para Morrer é um divisor de águas na produção de documentários no país. O João Moreira Salles também é uma referência.   

Anúncios
Categorias:Sem-categoria
  1. agosto 29, 2007 às 4:48 am

    Olha só quem foi o entrevistado…
    Grande Josias Pires…
    Lembro-me (?) das teorias da comunicação!

    rsrsrs

    Abraço!

  2. marianamiranda
    agosto 30, 2007 às 11:56 am

    Putz, amiga, você está cada dia melhor.

  3. Priscila Maiane
    setembro 2, 2007 às 2:20 am

    Ahhhhhhh que orgulho!! Muito boa a entrevista!
    PARABÉNS!!
    Beijos, Priscila Maiane!

  4. setembro 3, 2007 às 5:32 pm

    Josias Pires, como professor de qualquer coisa “é otimo”

  5. Ari Silva
    novembro 6, 2007 às 12:33 pm

    Ótima entrevista!!!!! CONGRATULATIONS!!!! Continue assim e vc vai longe!!!!!

  6. Julyane
    abril 15, 2009 às 11:13 pm

    Tio Parabens, gostei muito de sua entrevista!!!
    July , Ida e Vovô Manuel
    Saudades…

  1. janeiro 25, 2011 às 8:41 pm

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: